Dias Felizes

Sexualidade

Faria amor no primeiro encontro?

Entre química, desejo, ousadia, a promessa de uma relação estável ou a mera promiscuidade, fica a dúvida... Você seria capaz?

Saúde e Bem-estar

Emoções

Imprimir

Sexo

Você faria amor no primeiro encontro?

Imagine que amahnã aquele colega de trabalho que lhe sorri todas as manhãs na máquina de café a convida para jantar. Ou que aquele amigo virtual com quem troca e-mails há algum tempo a desafia para sair. Você aceita o convite e, durante a conversa - entre duas gargalhadas - surge, de repente, uma atracção física forte entre os dois. Faria amor com esse quase desconhecido? Assim de caras, logo no primeiro encontro?

As mais desinibidas responderiam que sim. Se surgir o ambiente certo e ambos tiverem vontade, porque não?, espantam-se, sem preocupações com eventuais sentimentos de culpa ou com o que ele poderá pensar no dia seguinte. No entanto, a maioria das mulheres hesitaria na resposta, cheia de dúvidas. O que é que ele iria pensar de mim? Que sou "fácil"? O que aconteceria depois? Como me sentiria? Será que ele não estaria só a usar-me?

Queres subir para tomar um café?
Ele até pode estar só a querer uma noite de sexo casual, a sua mãe ficaria chocada se soubesse, mas você está mortinha por uma noite de luxúria sem compromissos ou a sua intuição diz-lhe que ele é a sua cara-metade... então, porque não? Os desejos femininos não são assim tão diferentes dos masculinos. Siga os seus instintos! Até porque o sexo no primeiro encontro pode ter aspectos positivos. Quem sabe se não será uma das experiâncias sexuais mais gratificantes da sua vida? Além disso, ficará imediatamente a saber se. como casal, são ou não compatíveis na cama. Mas protega-se! A sida e outras doenças sexualmente transmissíveis são uma realidade que não podemos ignorar. Sexo sem preservativo está completamente fora de questão!

Por outro lado...
Mas não menospreze os aspectos negativos, principalmente se gostava de evoluir para uma relaçãoo estável com o homem que está à sua frente. Se pensa que fazer sexo no primeiro encontro aumenta as probabilidades de ficarem juntos, está enganada. Pelo contrário, é bem possível que não passem do primeiro encontro. Portanto, se gostava de voltar a sair com ele ou sentir que será difícil suportar a possibilidade de ele não lhe telefonar no dia seguinte, vá com calma e espere até se conhecerem um pouco melhor.

O dia seguinte
Passado o entusiasmo inicial, a racionalidade volta aos comandos. Nesse momento, pode interrogar-se porque é que aconteceu e mesmo até arrepender-se. Poderá, por exemplo, ser uma frustração perceber que afinal você não passou de um "one-night stand", uma conquista de uma noite. Para muitas mulheres, perceber que afinal ele não tinha planos para o dia seguinte traz sentimentos de culpa, vergonha, arrependimento e um enorme sentimento de rejeçãoo.
É natural que lhe pareça ter sido um fracasso ou que nunca fará nada bem. Mas tenha calma! Uma noite não serve para avaliar a sua capacidade de ser amada. Há primeiros encontros que acabam por ser casuais, mas também existem os que têm episódios seguintes. E acredite que se ele não ligar no dia seguinte, nem no outro, não será porque você foi para a cama com ele, mas sim porque era isso mesmo que ele faria. Sem sexo ou com sexo.

Fazer ou não sexo no primeiro encontro pode parecer o ponto de definição do sucesso ou do fracasso dessa relação que está a começar. Mas não é. Dormir com ele na primeira noite não é garantia de que fiquem juntos. Se ele não estiver à procura de um relacionamento sério não seré por você dormir com ele que vai mudar de ideias, assim como assim como não seré por ficarem juntos na primeira noite que vai deixar de querer estar consigo se gostar de si. Tudo depende dos vossos sentimentos e intenções. Portanto, faça o que lhe apetecer!


 
Expoquintas
Directório IOL:
Comprar Carro Usado Carros Usados |  Motor IOL |  Autocomércio |  Casas |  Emprego |  Classificados
Media Capital | Prisa